segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Tengai Makyou Zero (Far East of Eden)

Gênero: Rpg
Ano: 1995
Fabricante: Hudson Soft
Tengai Makyou Zero, também conhecido como Far East of Eden, é um daqueles jogos de RPG do SNES que nunca foi lançando no ocidente.

A história não é o ponto forte de Tengai Makyou Zero. O irmão de um rei, incitado a matar seu irmão pelo demônio Ninigi, é prontamente tomado pelo demônio. Depois disso, o jogador assume o papel de Higan, um descendente do clã do Fogo que prontamente entra em conflito com os subordinados de Ninigi, que espalhavam dor e tormento em todo Jipang.
O combate ocorre num estilo semelhante a muitos RPG da era 16 bits, com batalhas aleatórias baseadas em turnos. Os três personagens do jogador estão em primeiro plano, o inimigo mais atrasado. Felizmente, a ordem é determinada por agilidade; não haverá entradas aleatórias de turno aqui.

Existem algumas peculiaridades para o sistema padrão: a magia não é aprendida ganhando níveis, em vez disso, o jogador deverá encontrar estranhos eremitas que o ensinarão uma nova magia (geralmente depois de fazer algo estranho).
Existem também habilidades que podem ser utilizadas somente por personagens individuais, o que pode ou não exigir pontos de magia para usar. As habilidades especiais são muitas vezes mais poderosas do que um ataque básico e também mais poderosas que a magia, mas algumas têm um preço: exigem a espera de dois turnos para usar. Essas habilidades também podem usar HP em vez de MP. A magia possui feitiços individuais e combinações intensas de MP dos quatro elementos para atingir melhor as fraquezas específicas de cada inimigo.
As lojas são agradáveis ​​e simplificadas para a conveniência do jogador, embora o equipamento de itens recém adquiridos requeira deixar o menu da loja e entrar no menu principal do status. Classificar os acessórios também é um pouco demorado porque cada personagem pode equipar uma arma, armadura e quatro acessórios.
Visualmente, o jogo é bem caprichado, com animações de magias em particular sendo bastante impressionantes. Fora das batalhas, há definitivamente uma influência oriental na arquitetura da cidade. Fora os chefões, os demais inimigos não se movem, mas, como em Final Fantasy III não tinha inimigos em movimento, isso não é um ponto baixo. Outro ponto positivo é extensa variedade de inimigos para enfrentar durante o jogo, o que evita a repetição. Outro aspecto interessante é que os quatro primeiros reinos a serem libertados do mal, uma vez que isso é realizado, mudam drasticamente a aparência.

A maioria das músicas do jogo foi composta por Toshiyuki Sasagawa, com algumas composições de Kouhei Tanaka e Aya Tanaka. As músicas são bem variadas e combinam muito bem com cada ambiente. Tal como acontece graficamente com a arquitetura das cidades, há uma influência oriental em grande parte da música. Os efeitos sonoros cumprem o seu trabalho, nada de especial.
A dificuldade é um pouco elevada em Tengai Makyou Zero, os inimigos aleatórios geralmente são mais rápidos do que o grupo do jogador, atingindo os primeiro. Os ataques perdidos parecem ser mais prevalentes do que o habitual, o que pode trazer ​​ao jogador se dois personagens falharem em seguida. Os chefes exigem uma atenção redobrada, graças aos seus poderosos ataques.
O replay é interessante neste título, pois traz uma característica incomum. No cartucho existe uma bateria embutida no cartucho que acompanha o tempo no mundo real e, em determinadas datas e horas, várias coisas podem ser feitas, que eram impossíveis em qualquer outro momento. Por exemplo, ocorreu um festival em uma cidade no jogo que só acontece por alguns dias e depois para até o próximo ano. Então, para ver o festival em tal data, requer que jogue novamente de acordo com as datas e horas do mundo real. A campanha principal provavelmente pode ser concluída em torno de 25 horas, mas essa característica acima referida faz com que o jogo dure muito mais tempo.

Em que pese o jogo não tenha sido lançado no ocidente, há uma tradução do jogo para o inglês, o que facilita a sua apreciação.


Download (rom com tradução em inglês): Clique Aqui!

Para jogar pelo emulador BSNES, descompacte a rom e os demais arquivos presentes e abra o arquivo com a extensão .SMC.

15 comentários:

  1. po mano vocês e top mesmo cada dia uma nova novidade em Rom ♥

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Baixe novamente, use o emulador BSNES.

      Excluir
  3. Olá pessoal testei no Bsnes e Snes9x e não funcionou essa ROM, poderiam ajudar? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o arquivo estava renomeado errado, foi corrigido, baixe novamente, descompacte todos os arquivos presentes e rode com o BSNES.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Correção realizada, baixe novamente e faça conforme descrito na postagem para rodar o jogo.

      Excluir
  5. Obrigado, já roda pelo SNES9x ou apenas nesse BSNES? e SD2SNES posso usar normalmente?

    ResponderExcluir
  6. Nossa não cobsegui rodar por causa da bateria interna. Fica pedindo para resetar toda vez e não abre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Use o emulador BSNES, pois ele tem a opção de reset, lembre-se de deixar todos os arquivos descompactados numa mesma pasta.

      Excluir
  7. interessante!!!! só aqui mesmo para conhecer essas pérolas da vida snes!!!! bons tempos!!!!

    ResponderExcluir
  8. Essa ROM serve também para emulador de SNES do Android? Quero muito jogar esse jogo mas não estou conseguindo. Já fui no site romhackings e baixei a patch, coloquei no jogo e tal mas não vai. Tipo, aparece a tela pra fazer o procedimento de apertar o botão A e reset, apertar o botão B e reset, mas depois aparece uma tela preta e o jogo não inicializa. Se você puder me ajudar, por favor, eu quero muito jogar esse jogo :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O snes9x atualizou agora funciona boa diversao

      Excluir
  9. Funcionando perfeitamente no Snes9x (v1.55).

    ResponderExcluir

Lembrando que as suas visitas e agradecimentos são o nosso incentivo, ajude-nos a divulgar o blog... A sua ajuda é muito importante para nós!! E não se esqueça de add nosso blog aos seus favoritos!