domingo, 22 de julho de 2018

Socks the Cat Rocks The Hill

Gênero: Aventura
Ano de Lançamento: 1994
Fabricante: Kaneko
Socks the Cat Rocks The Hill é mais um obscuro jogo de SNES que nunca foi lançando oficialmente. Por muito tempo, o jogo não passava de uma lenda, ele era visto apenas em revistas da época. Por algum motivo desconhecido, o seu lançamento não aconteceu.

Mas assim como aconteceu com vários que não foram lançados e depois apareceram os seus cartuchos protótipos, o mesmo ocorreu com Socks, que teve a sorte de um colecionador (Tom Curtin) possuir o protótipo e assim conseguir extrair (dumpar) o jogo do cartucho.
Passados mais de 20 anos, eis que finalmente existe a possibilidade de jogar essa raridade. 

A premissa do jogo é simples.Você joga com o Socks, o gato da Casa Branca. Exatamente, o personagem é baseado no primeiro animal de estimação do ex-presidente dos Estados Unidos (Bill Clinton) e foi conhecido nos Estados Unidos e no mundo como o "primeiro gato". Depois que Bill foi eleito presidente, ele foi com sua família para a Casa Branca em Washington, D.C.. Até 1995 era único animal de estimação na Casa Branca. O gato tinha muitos fãs, como Hilary Clinton disse em um de seus livros.

Mas no jogo, a missão de Socks consiste em lutar contra todos os tipos de inimigos que aparecem em seus caminho através da Casa Branca, incluindo espiões, dobermans, manifestantes e versões satirizadas de figuras políticas famosas como chefes finais.
A sua jogabilidade é um pouco truncada, com pulos um pouco imprecisos. O ataque principal do Socks é desferir a sua garra contra os oponentes. Ele também consegue pegar objetos nos cenários e arremessar contra os inimigos. Há ainda um botão de corrida, o que possibilita saltos mais longos.

Os gráficos são medianos, nada de excepcional, mas cumprem o seu papel no que o jogo se propõe, ou seja, simplicidade. Merece destaque a animação de Socks, que fica lambendo a pata ou dormindo quando permanece parado, bem como a sua transformação em anjo quando morre, bem ao estilo de Crash Bandicoot.
A trilha sonora também é simples, mas nada memorável, contudo, consegue casar bem os ambientes dos cenários com os temas tocados durante as fases.

Se Socks tivesse sido lançado oficialmente na época, talvez, ele fosse hoje conhecido como mais um jogo mediano entre outros inúmeros que existem na vasta biblioteca do SNES. Mas hoje ele tem ao seu favor o ineditismo, o que, por si, merece embarcar na sua aventura.


Download: Clique Aqui!

Um comentário:

Lembrando que as suas visitas e agradecimentos são o nosso incentivo, ajude-nos a divulgar o blog... A sua ajuda é muito importante para nós!! E não se esqueça de add nosso blog aos seus favoritos!